segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Eleições 2014 - Parte 1


Nessas eleições presenciei cenas horrorosas que nem descrevendo alguém entenderia. 


E no meio delas, imbecis retardados desfilavam pra lá e pra cá com suas motos pouco potentes porém envenenadas fazendo um barulho insuportável em vários locais do bairro, inclusive na frente da escola e a polícia esse ano não ficou nem a 10m do colégio onde trabalhei, só deram as caras na porta depois que encerraram as eleições.

E quando eu perguntei se eles não escutaram, já que estavam do outro lado, na esquina da rua, tive que escutar que não era crime não. Ao que eu retruquei: E desordem/perturbação da paz pública não é crime mais não??? Pelo amor de Deus, meu senhor!!!

Eu adoro trabalhar como mesário, mas sinceramente depois de coisas como essa eu senti vontade de desistir, porque eu não sou obrigada a tamanha agressão sonora. Definitivamente eu não sou obrigada.

Ah, mas os protestos de Junho do ano passado eram bagunça, meio mundo de retardados desocupados fazendo arruaça na frente do colégio onde se vota "não é crime": vão pra ponte que partiu.
Postar um comentário